25 de abr de 2009

Destino?

O céu hoje está profundamente azul. Abro as cortinas e me pergunto se podemos traçar nosso destino apenas com a vontade. Quando fecho meus olhos, vejo o seu jeito, escuto seu nome, sinto seu toque. Mantenho-me curiosa sobre o seu mundo. Que estranho. A solidão não me incomoda, de modo algum. Apenas aguça meus sentidos, faz-me rir da minha insanidade. Mas, quando tudo isso realmente se tornar realidade, vai ser uma pena não ter contado antes para os outros: seria uma prova de que eu via o futuro.






12 de abr de 2009

sonhos

Sonhos como bolhas de sabão, leves e fugazes, quase instantâneos, têm me consumido pela noite inteira. Que paradoxo... na irrealidade consigo perceber o desejável, o poderia-ter-sido...na vigília componho criações próprias, com personagens vivendo suas próprias vidas, muito além de minhas forças e de meu domínio...uma vida em paralelo, roteirizada mas ainda não terminada por completo... cenas impressionantes, que me atingem no real como se fossem concretas, despertando sentimentos surreais e inconfessáveis... traçando caminhos que se atingem em pontos únicos, ou múltiplos... caminhos que se movimentam como bolhas de sabão, dentro da minha inconsciência... caminhos perdidos nas nuvens, no interior do meu universo. E eu perdida no som das coisas, na visão de situações interessantes para uma história cheia de charadas, que permanece incontável. E é sempre assim, toda hora... eu desejando sentir tudo isso de novo.







6 de abr de 2009

A friend of mine wrote this about me:

"Dear Crystal,
You are dreaming a lot....so do I. I was very impressed...the words and sentences you had written... very beautiful thoughts...I think that this blog is exactly as wonderful as you are.
A thousand of kisses,
Evoked Man".

So I keep on dreaming. I keep on believing on my potentials (my evoked potentials)...
When it's dark, baby, there's always a light we can shine.
This is living.

If you lose your faith, babe, you can have mine, and if you're lost
I'm right behind, cause we walk the same line.

4 de abr de 2009



I've been meaning to write.
Put my thoughts into words.
Look at my words and put them into thoughts.
Thoughts to words, words to thoughts.
Thoughts to words, words to thoughts.

Slipping into a orgasmic reverie of thoughts.
I want to lose myself again. What is stopping me?
The very words that could aptly describe my complicated thoughts, I can't find them.
I hope that I would be successful the next time round.
I'll continue searching.
I'll continue yearning.
I'll find, I'll seek.
We navigate our lives using WORDS.
Change and improve the WORDS and I believe
we can change and improve life.